Engraçado como esse povo é
Faz da coisa simples um turbilhão
É tempestade de mais pra copo de menos
Negócio fica tão forte que explode na mão

E da coisa mais complicada
O povo não consegue dar conta, não
O que era pra ser simples toma tanto tempo
Que não sobra outro tempo pra encontrar a solução

k (e seus versinhos toscos)