Em tempos de muuuuuita internê e muuuuito tempo livre, fiquei viciada em esmaltes. Sempre gostei de comprar e aprendi há algum tempo a fazer minhas unhas razoavelmente bem. Mas eu era (sou) de Lua, tinha épocas em que fazia sempre e épocas em que minhas unhas simplesmente eram cortadas até o toco e só – sem arrumar as cutículas, sem base, sem nada.

E agora vários esmaltes, duas a três cores por semana, parei de tirar as cutículas*, blogs sobre unhas e esmaltes vistos sempre e uma pequena encomenda de dois esmaltes numa loja londrina chegou hoje em minha casa, para meu delírio consumista imenso – sendo que um dos esmaltes saiu de circulação há uma semana, porém a cor é um MUST – ráááá!!! rsrs. Além dos muitos esmaltes nacionais comprados etc e talz, e de ter uma amiga-irmã com quem compartilho essa mania – e que manda muito, mas MUITO bem em fazer as próprias unhas e as de outras pessoas: Gâm!

Minha mais nova empreitada neste mundo foi a criação de 4 cores exclusivas – duas que copiam esmaltes da CHANEL (desculpa, mas eu não pago R$ 90,00 num vidro de esmalte) e mais duas outras, todas elas ficaram ótimas.

Bom, devo afirmar que já vi muita coisa bem interessante nos blogs por aí: uma holandesa que tem as unhas mais perfeitas que já vi, outras que fazem verdadeiras obras de arte nas mãos (apesar de não curtir nail art, eu admiro a paciência dessa galera!), e me divirto com uns formatos engraçadíssimos de unha que as pessoas têm naturalmente, ou que elas mesmas fazem – unhas pontudas/triangulares são as mais bizarras.

Até que… OMG!!! Achei o Flickr de um CARA, um HOMEM, que pinta as unhas dos pés!

E são perfeitaaasssss rsrsrs olha que eu nem faço meu pé, só corto as unhas e de vez em nunca passo um hidratante! Mas se eu um dia resolver que quero fazer meus pés, vou pedir uns conselhos pra esse cara com certezaaaa!

k

*li um texto bem legal sobre inflamação crônica (à parte a propaganda do produto rs).

Anúncios