Acorda com o dia há muito amanhecido

Levanta, preguiça, o olho mal-dormido

Se banha e pensa de novo e de novo

Perfume no colo tem cheiro de sonho

Almoça sem apetite e vê televisão

Sentada divaga, nem presta atenção

Olha a rua pela janela, se prepara

Nem vê direito o que põe na mala

Saída, calçada, vento de chuva

No peito a ânsia e o pensamento que não muda.

k

Anúncios