Lembrança de outro dia.
Fotografia. E eu que me achava feia na época!
Como a gente é besta.
O hoje nunca é bom, só melhora quando vira ontem.

Eu achava que era coisa de poeta,
Mas saudade do que ainda não aconteceu existe sim.
É a expectativa de algo novo, algo que preencha as lacunas.
Algo que pode não acontecer.

A noite é quente, e não tem brisa.
Aproveito a brisa fabricada,
Gerada por eletricidade,
Que sai da engenhoca giratória.

Já vivi muita coisa.
Quem diz que a vida é curta  não olha para trás.
No entanto, existe tanta coisa a ser vivida ainda.
Onde quer que eu vá, levo minha mochila nas costas.

Peito estufado, alegria contida,
Vontade de emanar tudo isso,
Todo esse sentimento guardado,
Todo esse amor escondido.

k

Anúncios