abril 2009


O que dizemos quando ouvimos uma MERDA ABSURDA, e ficamos totalmente sem reação?

“POIS É…”

“Pois é. Infelizmente a vida não é justa.”

“Pois é. Devo ter atirado pedra na cruz.”

“Pois é. Ninguém disse que seria fácil.”

“Pois é. Eu só me fodo!”

“Pois é. Não dá pra entender a cabeça das pessoas.”

“Pois é. Depois de tudo o que eu fiz.”

“Pois é. Mas Deus não dá um fardo maior do que possamos carregar.”

“Pois é. Uma porta se fecha, outra se abre.”

“Pois é. Se não teve final feliz, é porque ainda não acabou.”

“Pois é. O que é nosso tá guardado.”

“Pois é. O nosso melhor amigo é o tempo.”

“Pois é. Viva um dia de cada vez.”

Pois é. Vá se fuder.

Às vezes, correr atrás do que é nosso, sem prestar muita atenção se atropelamos alguém pelo caminho, é a única forma de correr atrás do que é nosso.

“Pois é. Este samba é pra você, ó meu amor… “. Repito que você sempre estará, não importa o desfecho.

k  – para j

Anúncios

– Por que você tá triste?
– Eu não to triste, to chateada só.
– Por que?
– Ah, sei lá. Querer que as coisas dêem certo, mas tem umas que não dependem só de mim, aí é foda ter que ficar esperando.
– Mas isso faz parte, esperar.
– É.
– Mas eu sei o que você sente. A gente quer as coisas muito rápido, na hora, e não presta atenção que o mundo é meio grande, sabe? E existem muitas pessoas nele. E cada uma dessas pessoas tem o seu próprio mundo.
– E daí?
– E daí, e por isso, por causa disso tudo, que as coisas não são rápidas.
– Ah, sei lá…
– Tem todo um processo e tal.
– Nem me fala de processos, projetos, prazos e essas coisas mecânicas e sem graça que eu vejo todo dia, as pessoas se apegando a coisas que só aumentam as chances de dar erros, e depois não sabem lidar com os imprevistos, por mais que elas planejem.
– Não, mas calma aí. Tem coisas que é legal planejar.
– E tem muitas outras que não tem que planejar nada.
– Então, tem que perceber o que fazer diante de certas situações. Isso vai de cada um, usar inteligência, intuição, sei lá, prá descobrir o que deve ser feito. Isso a gente descobre com o tempo.
– Ah sei lá, às vezes eu sei que eu sou imediatista, mas em outras eu fico revoltada das coisas não andarem, parece que ninguém percebe que as coisas, o tempo, estão rolando, e que a gente fica parado, acomodado.
– Você, né.
– É, sei lá, eu, eu fico acomodada.
– Ué, as coisas que só dependem de você podem ser mais rápidas, se você quiser.
– E as que dependem de outras pessoas, que são as que mais torram o saco?
– Essas aí, é plantar e esperar pra colher. Mas fica tranquila, que esse dia chega.
– Merda.
– Isso mesmo, adube com bastante merda que um dia você vai colher umas plantas bem bonitas hahahahahahahahahahaha.
– Besta.
– To falando do lado bom da merda…
– “Lado bom da merda”, essa foi foda.
– Sério, po! Merda alimenta!
– Beleza.
– Porra, merda faz mó bem…
– Tá bom, tá bom, chega. Eu já entendi.
– Demoro.

k+k

Livre-se de tudo o que acreditou até agora sobre si mesmo;

Nunca espere nada de ninguém;

Se essas coisas surgirem na sua mente, apague-as. Como? Simples: Pense em coisas engraçadas e dê muita risada até esquecer as crenças e as fantasias de alguém te dando o que você quer que dê.

Ouça músicas românticas e substitua o “você’ por “eu”. Tipo, “eu ME amo, EU sou lindo”, etc. rsrsrsrsrsrsrsrs

Isso não o irá transformar num cubo de gelo, fique tranquilo. Só vai esfriar um pouco. Mas você ainda vai gostar de muita gente nessa vida, PORÉM… ninguém vai substituir você no seu coração =)

Oh my God.
Auto-piedade.
Auto-punição.
E prá quê?

Que tal hedonismo?

Hedonismo + respeito ao próximo + bom senso?

Quem sabe.

Quem sabe sou eu.

k

heart

JK – Vamos entrar. Quero ver um bichinho de pelúcia para a Paty.
K – Meu ex-namorado só me deu flores quando eu disse que nunca tinha ganhado e tinha vontade. (risos)
JK – Eu não curto dar flores. Na hora a pessoa gosta, “Ah, que lindas!” e 5 minutos depois elas morrem.
LEO – É legal dar flores e mais alguma coisa.
JK – Prefiro dar coisas que durem bastante tempo.
LEO – Como um bichinho de pelúcia! (risos)
JK – Eu uso como apoio de cabeça!
LEO – Eu uso para limpar a bunda. (risos)

                ————————-

Não importa o que, mas quem deu e porque deu.
Um dia eu ainda vou olhar e ver o que eu ganhei. E entender que quem me deu, na verdade, não precisaria me dar nada, apenas estar ali.

               ————————–

As frutas nascem, amadurecem, caem e morrem. A árvore permanece.

k