– Não sei o porquê de ter vindo até aqui. Acho às vezes, que eu sou masoquista. Fico aqui parado tentando disfarçar, mas não conseguindo tirar os olhos de você.

– É difícil estar numa situação como essa. Ao mesmo tempo em que eu quero estar perto de você, minha razão diz pra eu me afastar. Isso também é masoquismo.

– Por que então não fica perto de mim? Por que é tão difícil aceitar o fato de que a única coisa que falta entre nós é ficarmos juntos de vez?

– Eu não sinto mais o que sentia antes por você. Nós somos agora ainda mais diferentes do que já éramos. Admito que alguma coisa em você ainda me atrai, mas não tem nada a ver com amor. Nem com paixão.

– Um dia você vai entender que a gente já está junto. Só gostaria que você percebesse logo, porque o tempo passa, e eu não gostaria de terminar minha vida sem ter tido o que eu tenho de ter com você. É isso.

– Um dia você vai entender que o que houve entre nós foi muito bonito, mas começou com data de término. Precisávamos nos encontrar para aprendermos certas coisas sobre o mundo e a vida. Quero que você seja feliz e que seja agradecido por tudo o que tivemos. Eu sou. É isso.

“You can’t see the forest full of trees / And you can’t smell your own shit on your knees” – Marilyn Manson

k

Anúncios