O inverno deveria ser em preto-e-branco, e todas as pessoas deveriam mudar-se para zonas urbanas cheias de galpões antigos e fábricas antigas, de tijolos aparentes. Seria proibido fazer comidas ruins e todas as noites haveria sopas fumegantes. As grandes e quentes paixões deveriam aparecer sempre nessa época.

Adoro o inverno, aquele bem rigoroso, quando as pessoas vestem tantas, mas tantas roupas, que a aparência acaba não contando, e o que vale mesmo são as idéias e quanto calor a pessoa tem para dar.

k

Anúncios