A primeira impressão que eu tenho das coisas quase nunca corresponde à realidade.

Gostaria de ter um dispositivo que me informasse: isso vale a pena, isso não; essa pessoa é legal, essa não. Me pouparia muito esforço e sentimentos, pois eu só os “gastaria” com quem/o que realmente merecesse.

Gostaria também que as pessoas olhassem através de mim. Que conseguissem ver quem eu realmente sou. Porque eu tenho uma aparência, um jeito, uma atitude que espanta. Na verdade, eu não sei descrever exatamente o que é, mas eu sei que afasta. E às vezes afasta quem eu gostaria que estivesse próximo.

Dizem que os geminianos tem duas pessoas dentro de si. Eu tenho a que todos vêem e a que poucos vêem. A primeira, de “fora”, é a que me incomoda, porque eu não tenho muito controle sobre ela, nem sei como ela é de verdade. Parece que nem sou eu.

A de “dentro” eu queria muito apresentar pra algumas pessoas.

k

Anúncios